Escola Santa Cruz do Deserto comemora participação na Jornada

//Escola Santa Cruz do Deserto comemora participação na Jornada

Escola Santa Cruz do Deserto comemora participação na Jornada

6 de junho de 2019
.

A Escola Estadual de Santa Cruz do Deserto, localizada em um povoado na zona rural do município de Mata Grande, Alagoas, realizou na última sexta-feira (31 de maio) a cerimônia de premiação da Jornada Cidadania nas Escolas, que teve a equipe Santa Cruz Cidadã classificada em 1º lugar na categoria Prêmio Betinho Escola em Ação, modalidade Semiárido.

A mesa de abertura foi composta pelo representante do COEP, José Murilo Siqueira; pelo diretor da Escola Estadual de Santa Cruz do Deserto,Valmir Souza; pelos coordenadores da escola,Cícero Nascimento e Hélio Brandão; pelo professor e facilitador da equipe, Fabiano da Silva; e pela representante dos alunos, Cláudia Priscila.

Também participaram da comemoração os alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio, membros da direção, coordenação e funcionários da Escola Estadual de Santa Cruz do Deserto; e convidados da Escola Municipal Ananete Cavalcante Gomes.

Para o representante do COEP, José Murilo, um dos pontos importantes para a conquista da primeira colocação foi “a escola ter formado uma equipe de jovens com perfil de liderança e mobilização”. Murilo destacou que os alunos, membros do comitê mobilizador, tiveram uma grande atuação no apoio aos colegas durante a realização dos cursos e demais atividades propostas.Também falou sobre a importância dos dirigentes e professores terem abraçado o projeto, por incentivarem e por oferecerem condições para que os estudantes pudessem participar.

Murilo explicou que a Jornada fez com que tanto os alunos, como a escola, percebessem o impacto positivo ao cumprirem os desafios. “A premiação significou o complemento do bom resultado que eles obtiveram. Fazer parte do projeto e alcançar o primeiro lugar levantou a autoestima da escola”, relatou.

O diretor Valmir Souza falou sobre o valor da Jornada ao despertar o entendimento sobre o que significa e sobre como praticar a cidadania, tendo os estudantes como protagonistas. Ele acredita que a Jornada servirá de incentivo para que, não somente os alunos da Escola Santa Cruz do Deserto voltem a participar, mas também outros jovens da região ingressem na próxima Jornada.

Os coordenadores Cícero Nascimento e Hélio Brandão falaram sobre a trajetória para que houvesse articulação, mobilização e participação dos estudantes no projeto, do aprendizado que ficou e da expectativa de que se possa organizar uma nova participação.

O facilitador da equipe, Fabiano da Silva, e os membros do comitê mobilizador, Gabriel dos Santos e Kaik da Silva, comentaram sobre como eles se estruturaram, discutiram e planejaram as atividades para a realização dos desafios.

1º lugar – A equipe Santa Cruz Cidadã obteve a maior pontuação por sua atuação nos cinco desafios propostos ao longo da Jornada, como a participação em cursos preparatórios, o registro de saberes locais, a realização de um diagnóstico e de uma ação cidadã que, no caso desta equipe, culminou em um pedido formal, junto à Secretaria de Educação do município, para que se construa um ginásio poliesportivo e possibilite maior qualidade de vida aos estudantes e comunitários.

Ao todo, 58 escolas se inscreveram e 34 equipes chegaram até o final da Jornada Cidadania nas Escolas 2018. Foram nove equipes de Alagoas; sete de Minas Gerais; seis equipes da Paraíba e de Pernambuco; cinco do Ceará; e uma equipe de Rondônia.
As equipes finalistas cumpriram cinco desafios, propostos com o objetivo de fortalecer o conhecimento e as capacidades de jovens estudantes dos ensinos Fundamental II (do 6º ao 9º ano) e Médio; e valorizar a reflexão, o debate, a organização e a ação.

Fonte: COEP e Jornada Cidadania nas Escolas

By | 2019-06-06T16:19:22+00:00 junho 6th, 2019|Fique de olho|