Desafio 3

/Desafio 3
Desafio 3 2018-10-22T16:59:51+00:00

DESAFIO 3 - Cidadania, PRESENTE!

Pedro Leopoldo / MG
SESI PEDRO LEOPOLDO

Ver perfil da equipe

TÍTULO DA AÇÃO:

Direitos humanos, para todos os humanos!


DESCREVA COMO FOI FEITO O PLANEJAMENTO E A MOBILIZAÇÃO PARA A AÇÃO:

Após a escolha da ação prioritária, era necessário promover algo que sensibilizasse num primeiro momento a comunidade escolar para o tema que é contemporâneo e emergencial. A proposta foi uma “seção de cinema” comentado – o filme escolhido para o Ensino Médio foi: 22 de julho que rememora um dos ataques terroristas recentes mais chocantes, executados por apenas um homem, Anders Behring Breivik, um terrorista da extrema direita política. Anders era contra o multiculturalismo no país, além de ser opositor à política migratória. E, por vontade própria, planejou um ataque a bomba no prédio do governo na capital do país, matando oito pessoas, para menos de duas horas depois, atacar um acampamento de verão da ilha de Utoya, matando sessenta e nove pessoas, na maioria adolescentes e jovens que pertenciam a divisão da juventude do Partido Trabalhista na Noruega, representando a esquerda política. Para o Ensino Fundamental foi exibido um documentário da Rede Globo – Profissão Repórter acompanha família em uma jornada de 5 mil km até São Paulo Cerca de 800 venezuelanos cruzam todos os dias a fronteira com o Brasil, fugindo da crise de desabastecimento que enfrenta a Venezuela. Foram cinco semanas de viagem até que mãe, pai e filha de apenas quatro anos conseguissem cruzar o país sem recursos, sobrevivendo apenas de caronas e doações. Não houve um anúncio anterior em relação a exibição do filme ou do documentário, apenas no final, abriu-se a questão, para que os alunos pudessem se manifestar e dizer se saberiam se colocar no lugar dessas dezenas de pessoas afetadas pelas suas próprias tragédias. O silêncio sepulcral vivenciado durante as duas exibições demonstrava que nossos alunos estavam prontos para mais um passo, estar diante de pessoas que sentiram na pele o que é a rejeição, a indiferença e o medo do recomeço.

DESCREVA COMO FOI REALIZADA A AÇÃO E QUAIS FORAM SEUS RESULTADOS:

Realizamos uma palestra e mesa redonda com dois refugiados assistidos pela Caritas, José Miguel Silva, estudante venezuelano e o haitiano Phanel Georges - A Cáritas Brasileira é uma entidade de promoção e atuação social que trabalha na defesa dos direitos humanos, da segurança alimentar e do desenvolvimento sustentável solidário. Sua atuação é junto aos excluídos e excluídas em defesa da vida e na participação da construção solidária de uma sociedade justa, igualitária e plural. É difícil descrever o resultado dessa ação em palavras. O que vivenciamos foi uma intensa e respeitosa participação dos alunos que aplaudiam, perguntavam e ovacionaram a presença de "dois desconhecidos", que os sensibilizaram de tal maneira que novas ações para 2019 estão sendo planejadas. Algo "grandioso" foi despertado: o desejo de voluntariado por parte de dezenas de alunos. São muitos vídeos e registros que compartilhados comprovam que valeu a pena cada minuto de uma manhã extremamente chuvosa em nossa cidade que teve a terra lavada, enquanto nossos convidados lavaram a nossa alma.


ARQUIVO PDF:

  • Depoimento da Aluna Ana Júlia